PUB
Categories: Desporto
| Em
26/01/2020 22:38

Cristiano Ronaldo marca na derrota da Juventus frente ao Nápoles

Por Lusa

O Nápoles, do português Mário Rui, venceu hoje por 2-1 a campeã e líder Juventus, que ainda reduziu por Cristiano Ronaldo no último minuto do tempo regulamentar, em jogo referente à 21.ª jornada da Liga italiana de futebol.

PUB

Após três derrotas consecutivas para a Liga, o Nápoles inverteu a tendência e derrotou a Juventus, com golos do polaco Piotr Zielinski e Lorenzo Insigne, e colocou cobro a uma série de cinco triunfos consecutivos da equipa de Turim.

Cristiano Ronaldo viu um golo anulado por posição irregular do argentino Gonzalo Higuain, aos 53 minutos, e o Nápoles chegou à vantagem pelo polaco Piotr Zielinski (1-0), aos 63, na recarga a um primeiro remate de Lorenzo Insigne, que o guarda-redes polaco Worjciech Szczesny defendeu para a frente.

Já perto do final do encontro, o Nápoles elevou a vantagem para 2-0 por Lorenzo Insigne, com um remate de primeira a passe de José Callejón, e Cristiano Ronaldo reduziu para 2-1, aos 90, solicitado pelo uruguaio Rodrigo Bentancur.

Ronaldo prosseguiu a sua saga de marcar, o que aconteceu em dez dos últimos 11 jogos disputados, mas foi incapaz de impedir a derrota da Juventus, que lidera com 51 pontos, mas agora com apenas três de vantagem sobre o Inter de Milão, segundo com 48.

Com os três pontos conquistados, o Nápoles ascendeu do 11.º ao 10.º lugar da tabela classificativa, com 27 pontos, os mesmos de Bolonha (11.º) e Torino (12.º).

A Roma, orientada pelo treinador português Paulo Fonseca, empatou a 1-1 no dérbi com a Lazio, que vinha de uma série de 11 triunfos consecutivos, e segue no quarto posto, com 39 pontos.

Edin Dzeko, solicitado por Cristante, colocou a Roma em vantagem aos 26 minutos, num lance em que os centrais e o guarda-redes albanês Thomas Strakosha não estão isentos de erro, pois deixaram-se ultrapassar pelo cabeceamento do bósnio.

A Lazio empatou por Francesco Acerbi (1-1), aos 31 minutos, numa jogada caricata que envolveu o guarda-redes espanhol Paul López, que praticamente foi recuperar a soco uma bola fora do relvado para a linha de golo da sua baliza.

Com 46 pontos e um jogo em atraso, a Lazio segue na terceira posição do campeonato italiano, mas caso vença o Verona pode superar o Inter de Milão e ficar a dois pontos da líder Juventus.

O Inter de Milão somou o terceiro empate consecutivo no ‘cálcio’ frente ao Cagliari (1-1), após chegar à vantagem pelo argentino Lautaro Martínez (1-0), aos 29 minutos, que viria a ser expulso nos descontos.

O belga Radja Nainggolan, ex-jogador do Inter de Milão, fez o empate aos 78 minutos (1-1), num remate de fora da área que desviou num defesa.

O Verona, com o português Miguel Veloso a titular, venceu o Lecce, por 3-0, com golos do polaco Pawel Dawidowicz, aos 19 minutos, Matteo Pessino, aos 34, e Giampaolo Pazzini, aos 87, na conversão de uma grande penalidade.

Com os três pontos conquistados, o Verona, que não perde há cinco jogos, segue no nono lugar, com 29 pontos, enquanto o Lecce, que não vence há sete encontros, segue no 17.º posto, com 16, sendo a primeira equipa acima da linha de permanência.

O Parma, com o português Bruno Alves no ‘onze’, venceu por 2-0 na receção à Udinese, com golos de Riccardo Gagliolo, aos 19 minutos, e do sueco Dejan Kulusevski, aos 34.

Com este triunfo o Parma, sétimo posicionado com 31 pontos, encostou na tabela classificativa ao Cagliari, sexto, com os mesmos pontos, que empatou a 1-1 em casa do Inter de Milão.

Na luta pela fuga aos lugares de despromoção, Sampdoria e Sassuolo empataram a 0-0. O Sassuolo segue no 15.º lugar da liga transalpina, com 23 pontos, enquanto a Sampdoria é 16.ª, com 20.

PUB
Receba notícias de última hora e ainda informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar gosto ➜  
Partilhar
Mais informação sobre Cristiano RonaldoFutebolJuventus
PUB
Comente. Dê a sua opinião
PUB

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência durante a navegação no site

Saber mais