Depois de 27 anos em coma, mulher acorda e chama pelo filho

Munira Abdulla ficou em coma durante 27 anos, depois de ter sofrido um acidente, numa colisão de um veículo com um autocarro.

Foi em 1991 quando foi buscar o filho Omar de quatro anos à escola, que a mulher se despistou e colidiu com um autocarro escolar. Munira sofreu graves lesões cerebrais, que a deixaram em coma durante estes anos.

Passado 27 anos e sem os médicos acreditarem que era possível, a mulher voltou a acordar.

“Nunca deixei de acreditar porque eu tinha um sentimento de que um dia ela iria acordar”, afirmou o filho, como conta o Notícias ao Minuto.

Munira Abdulla foi transferida para vários hospitais, desde os Emirados Árabes Unidos até Londres. Em 2017, o príncipe herdeiro de Abu Dhabi, Mohammed bin Zayed, ofereceu-se para lhe pagar um tratamento especializado na Alemanha.

Em junho do ano passado, naquela que foi a sua última semana de internamento na Alemanha, o impensável aconteceu.

Munira começou a emitir alguns sons e dias depois começou a chamar pelo filho.

“Partilho a sua história para dizer às pessoas que não devem perder a esperança nas pessoas que amam. Não pensem que estão mortos só porque estão neste estado”, afirma o filho de Munira, lembrando que durante anos, os médicos o tentaram convencer de que a mãe não melhoraria.

Atualização: O artigo foi atualizado ocultando a idade de Munira Abdulla uma vez que os 32 anos referidos na nossa fonte não se encontram corretos e não conseguimos apurar a sua atual idade.

Outros conteúdos na web

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Recomendados

Recomendados