in

“Desiste e não as faças sofrer mais”: O apelo da mãe ao pai das meninas desaparecidas em Tenerife

Direitos Reservados

A mãe das duas meninas desaparecidas em Tenerife, nas Ilhas Canárias, escreveu uma carta a agradecer à opinião pública a ajuda para encontrar as filhas.

Anna e Olivia, de um e seis anos, respetivamente, encontram-se desaparecidas desde o passado dia 27 de abril, data em que o pai deveria ter entregue as crianças.

Segundo o jornal “El Confidencial”, Beatriz começa por agradecer a colaboração nas buscas pelas menores. “Graças à divulgação das redes sociais e em notícias por todo o mundo, tenho esperança de que as encontraremos e que possam voltar para meus braços”, escreve a mãe, que deixa ainda um apelo ao ex-marido. “Desiste e não as faças sofrer mais, porque elas não têm culpa de nada”, escreve a mulher, dirigindo-se ao ex-companheiro Tomás Gimeno.

A carta termina com vários agradecimentos e com o sentimento de esperança de que as duas meninas regressem a casa da mãe. 

“Obrigado pela compaixão e pelo amor que estão a enviar. Obrigada por me ajudarem a trazê-las de volta para mim. Agradeço do fundo do coração”, remata Beatriz.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Sugestões para ti