in

Detidos dois homens por burlas informáticas com prejuízos de 100 mil euros

A Polícia Judiciária deteve na quarta-feira dois homens de 27 e 28 anos, suspeitos de terem cometido vários crimes de burla informática agravada, falsidade informática e acesso ilegítimo, com prejuízos de cerca de 100 mil euros.

Em comunicado hoje divulgado, a PJ adianta que o inquérito da operação “Modus Operandi” teve início em meados de outubro do ano passado e teve por base a investigação de vários casos de fraude com recurso à captura de credenciais – “Phishing”, através de mensagem de correio eletrónico que simulavam serem remetidas pela entidade gestora da aplicação MB Way, tendo como resultado um elevado numero de movimentos (levantamentos ou compra de artigos).

As diligências realizadas por elementos da Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica (UNC3T), em colaboração com a SIBS, permitiram identificar os dois suspeitos, tendo a estratégia investigatória passado pela junção de participações dispersas por várias comarcas.

Nas buscas domiciliárias foram apreendidos vários objetos relacionados com os crimes e uma quantidade significativa de artigos adquiridos de forma ilícita.

O valor da fraude atingiu, até ao momento, um valor de cerca de 100 mil euros, estando referenciados mais de 170 cartões/contas bancárias, mas a PJ prevê que este valor possa aumentar durante a investigação.

Sugestões para ti