in

DGLAB abre apoio de 2020 à edição literária no Brasil e de BD e ilustração no estrangeiro

Lisboa, 09 jun 2020 (Lusa) — As candidaturas aos programas de apoio à edição de autores portugueses no Brasil e de obras de ilustração e banda desenhada portuguesa no estrangeiro abriram na segunda-feira, revelou a Direção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas (DGLAB).

Fonte da DGLAB explicou à agência Lusa que o montante a alocar para cada um destes apoios dependerá do número de candidaturas.

O prazo de candidatura aos programas estende-se até 24 de julho.

De acordo com dados da direção-geral, em 2019 foi apoiada a edição de 52 obras de ilustração e BD, em 22 países, com um total de 77.650 mil euros atribuídos.

No ano passado, o programa de apoio à edição no Brasil — que é destinado apenas a editores brasileiros – suportou a edição de 41 obras literárias portuguesas, com um total de 73.525 euros.

Segundo a DGLAB, estes programas estiveram suspensos durante meio ano por causa de procedimentos decorrentes da parceria estabelecida há um ano entre a DGLAB e o Camões Instituto, para a criação de um só programa “coeso e estruturado” de apoio à tradução e à edição de literatura em língua portuguesa.

Apesar do protocolo, os dois programas de apoio à edição de autores portugueses no Brasil e de obras de ilustração e BD no estrangeiro ficam sob alçada daquela direção-geral.

 

Deixe uma resposta

Loading…

0

300 Vagas de Emprego para Castanheira do Ribatejo e Marateca

Exportações caem 39,8% e importações recuam 39,1% em abril devido à pandemia – INE

Sugestões para ti