in

Diogo Dias, o jovem bombeiro que morreu num acidente durante combate às chamas em Oleiros

Direitos Reservados

Um bombeiro de 21 anos da corporação de Proença-a-Nova morreu e outros quatro ficaram feridos, dois deles com gravidade, num incêndio de grandes dimensões no concelho de Oleiros, distrito de Castelo Branco.

Segundo apurou o CM, Diogo Dias estava desaparecido e foi encontrado carbonizado dentro da viatura capotada que seguia para o combate às chamas. Quatro bombeiros foram projetados para fora do veículo e o quinto elemento ficou encarcerado, sendo arrastado com a viatura para uma ravina.

Entre os restantes operacionais há um ferido grave e um ligeiro.

Este é o terceiro bombeiro a perder a vida durante o combate aos incêndios só no verão de 2020.

No mesmo incêndio, um outro veículo dos bombeiros de Castelo Branco foi apanhado pelas chamas, mas a tripulação conseguiu escapar sem ferimentos. 

O fogo ameaçou várias habitações na localidade de Moutinhosa e chegou já aos concelhos de Proença-a-Nova e à Sertã. Foi já feito um pedido de reforço de meios.

O vento intenso e a orografia do território têm dificultado o trabalho aos operacionais. No teatro de operações estão atualmente 575 operacionais de diversas corporações dos três distritos, apoiados por 184 viaturas.

O incêndio chegou a dar sinais de que estaria a abrandar, mas as alterações do vento acabaram por mudar a direção do fogo.

Este é, até ao momento, um dos maiores fogos na zona este ano.

Presidente da Câmara prevê “noite terrível”

O presidente da Câmara Municipal de Oleiros, Fernando Jorge, perspetiva “uma noite terrível” e adianta estar tudo preparado para evacuar duas povoações que estão em risco.

Depois de Fojo, no concelho de Proença-a-Nova, distrito de Castelo Branco, ter sido evacuado, segundo Fernando Jorge, o autarca sublinha que as povoações de Moutinhosa e Roda “estão em risco”.

“Está muito problemático. O incêndio está com várias frentes, o terreno é muito acidentado, faz muito vento e agora, com a saída dos meios aéreos, fica ainda mais complicado. Vai ser uma noite terrível”, antevê o autarca de Oleiros, em declarações à agência Lusa.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Deixe uma resposta

Loading…

0

Mais de 50 concelhos em risco máximo de incêndio

Incêndios: Fogo que alastrou a Proença-a-Nova e Sertã ameaça casas – CDOS