Doente morre após queda da cama no Hospital de Santa Maria

Caso ocorreu poucos dias depois da morte do comunista Ruben de Carvalho.

Um doente que se encontrava internado no serviço de pneumologia do Hospital de Santa Maria morreu após cair da cama.

PUB

O caso ocorreu no inicio da semana passada, poucos dias depois do dirigente comunista Ruben de Carvalho ter morrido no mesmo hospital também na sequência de uma queda da cama de internamento.

Segundo o jornal Sol, o Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte afirmou que este caso está a ser alvo de uma avaliação interna.

“Tendo presente e assumindo com preocupação que a ocorrência de quedas representa um importante elemento de risco identificado em ambiente hospitalar, o Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte tem implementado um sistema de monitorização e notificação de incidentes adversos em contexto clínico, nomeadamente as quedas”, adianta.

As quedas são o incidente hospitalar mais reportado, de acordo com dados da Direção-Geral da Saúde.

Caso Ruben de Carvalho

Ruben de Carvalho morreu no dia 11 de junho, após entrar em coma devido a uma queda quando estava internado no Hospital de Santa Maria.

A administração do Centro Hospitalar Lisboa Norte decidiu abrir um processo de inquérito na sequência de notícias sobre eventual negligência hospitalar no internamento do histórico dirigente do PCP Ruben de Carvalho.

Fonte oficial do Centro Hospitalar, que integra o hospital Santa Maria, disse à agência Lusa que, “após as notícias vindas a público”, foi decidido “abrir um processo de inquérito”.

Administração do Hospital Sta. Maria abre inquérito a morte de Ruben Carvalho


Recomendados

Recomendados

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Outros conteúdos na web