PUB

Dono que deixou cão doente e à fome “obrigado” a pagar mais de 1.000€

2.164

Um cão de raça boxer foi resgatado pela equipa da Associação Ajuda a Alimentar Cães por estar a passar fome e doente.

PUB

O cão encontrava-se num terraço, com fezes e urina, numa habitação na Quinta Grande, no Funchal.

O boxer estava “esquelético”, com pulgas e com um tumor na zona genital. O dono do cão viu-se obrigado a pagar 1.139 euros pelo tratamento do animal no Hospital Veterinário, revela o Jornal de Notícias da Madeira.

Segundo Mariana Nóbrega, presidente na empresa Ajuda a Alimentar Cães, “a Associação Ajuda a Alimentar Cães procede, e procederá sempre, sem dar tréguas, sem olhar a quem e doa a quem doer, à denúncia dos crimes de maus tratos e abandono de animais de companhia de que tenha conhecimento no exercício da sua atividade, instruindo e acompanhando os processos através do seu departamento jurídico e até às últimas consequências”.

Recomendados

Recomendados

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Outros conteúdos na web