in

easyJet ameaça interromper ligações entre Madeira e continente

A easyJet ameaçou hoje interromper as ligações aéreas entre a Madeira e o continente, a partir de Lisboa e do Porto, depois de o parlamento ter aprovado a entrada em vigor do novo regime do subsídio de mobilidade.

O Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), aprovado hoje em votação final global apenas com os votos favoráveis dos deputados do PS, determina que as novas regras entrem em vigor no dia seguinte ao da publicação do documento, passando os madeirenses a pagar apenas o preço estipulado para as passagens aéreas de ida e volta – 86 euros para os residentes e 65 euros para os estudantes -, sem terem de adiantar valores passíveis de reembolso.

“A implementação destas medidas implica a expulsão da easyJet de um mercado liberalizado, por uma decisão política, e que forçará a companhia a interromper as duas rotas domésticas atualmente existentes entre a Madeira e o continente português”, indicou a companhia em comunicado de imprensa.

A easyJet sublinha que a interrupção das ligações a partir de Lisboa e do Porto “terá um enorme impacto negativo tanto na vida das pessoas, como no turismo e na economia de toda a região”.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Nadador Roland Schoeman, antigo campeão olímpico, suspenso por um ano por doping

Rui Machado mantém tenistas para ‘play-off’ da Taça Davis com Lituânia