Obrigado por visitar o Informa+

Utilizamos cookies para melhorar a experiência do utilizador, fornecer funcionalidades de redes sociais, personalizar conteúdos, anúncios e analisar o tráfego no site. Consente? Pode alterar as suas definições de cookies em qualquer altura.

PUB
Categories: Desporto
| Em
06/02/2020 14:56

Em lágrimas, Hugo Almeida termina carreira aos 35 anos

Hugo Almeida, de 35 anos, anunciou esta quinta-feira o fim de carreira como futebolista.

PUB

O ponta-de-lança anunciou que vai pendurar as botas e vai abraçar um novo desafio na carreira como treinador principal da equipa sub-13.

“É o momento certo para colocar um ponto final na carreira de futebolista e a abraçar o desafio de ser treinador”, disse Hugo Almeida na conferência de imprensa, no Estádio Cidade de Coimbra.

“É a melhor opção e que me deixa mais feliz. Estou orgulhoso pela minha honestidade, frontalidade e por ter sido fiel aos meus valores”, frisou.

Hugo Almeida formou-se em Buarcos, Naval e FC Porto. O jogador representou, enquanto sénior, o FC Porto, UD Leiria, Boavista, Werder Bremen (Alemanha), Besiktas (Turquia), Cesena (Itália), Kuban (Rússia), Anzhi (Rússia), Hannover (Alemanha), AEK (Grécia), Hajduk Split (Croácia) e, no último ano e meio, a Académica.

Numa despedida marcada pela emoção, Hugo Almeida recebeu a última camisola da Académica utilizada pelo jogador e assinada por todo o plantel.

“É um momento que aos jogadores custa sempre. Quero agradecer ao Hugo toda a carreira que teve. Foi um dos grandes embaixadores do futebol português e transmitiu sempre humildade e ambição. Em nome da Académica quero agradecer tudo aquilo que nos deu”, referiu Pedro Roxo, presidente do clube.

O jogador ainda escreveu uma publicação no Instagram, que conta já com inúmeros comentários e gostos.

“Momento final

O dia que em nós jogadores nunca desejamos que chegue, chegou.

Entendo que este é o momento certo para colocar um ponto final na minha carreira como futebolista e passar a dedicar-me de uma forma exclusiva à minha recente carreira de treinador.

É uma decisão tomada e ponderada em conjunto com o presidente e a direção da Académica, a quem estou grato. A partir de agora passarei a acompanhar as equipas dos sub-23 e sub-13 da Académica.
Entendo que em defesa da Académica, do grupo de trabalho e do meu futuro, esta é melhor opção, a que me deixa mais feliz e a que vai ao encontro das minhas ambições.

Desejo as maiores felicidades a este grupo fantástico, estarei sempre grato a todos os clubes onde passei, onde agora vou começar esta nova etapa da minha vida, um novo desafio que me vai fazer crescer como treinador e onde poderei retribuir com a minha experiência e o meu profissionalismo

Por último, quero agradecer a todas as pessoas que me apoiaram ao longo da minha carreira, a todos os companheiros com quem tive o privilégio de partilhar o balneário, aos meus amigos – que sempre estiveram ao meu lado e… mais importante de tudo, à minha família. Uma família sempre presente nos bons e nos maus momentos. Foi o vosso apoio, o vosso carinho que me ajudou a construir uma carreira de que tanto me orgulho. Obrigado a todos vocês pelo carinho e respeito que sempre tiveram por mim. 💙

The day that we players never want to come has arrived.

I understand that this is the right time to put an end to my career as a footballer.

Thank you To all 💙💙💙”

PUB
Receba notícias de última hora e informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar gosto ➜  
Partilhar
Mais informação sobre: FutebolHugo Almeida
PUB
Comente. Dê a sua opinião
PUB