Emigrante coloca nota de 100 euros nas mãos de polícia espanhol e foi detido

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

Um homem de 43 anos, emigrante em França, foi detido, esta segunda-feira, depois de tentar subornar um agente da Guardia Civil de Ourense para evitar ser multado.

O português colocou uma nota de 100 euros na mão do agente espanhol e disse que já o tinha feito “várias vezes”.

Os agentes da divisão de trânsito de Ourense estavam a realizar uma operação de controlo na Autoestrada 75 (A75), que liga Verín à fronteira portuguesa, em Chaves, quando mandaram parar uma carrinha Mercedes-Benz com matrícula portuguesa para efetuar um controlo de transporte.

“Como resultado dessa inspeção foram detetadas três violações”, informou a Guardia Civil, em comunicado.

Depois de informarem o condutor que iria ser autuado, o acompanhante deste, com residência na Amadora, saiu da viatura e colocou uma nota de 100 euros na mão do agente espanhol. Segundo a Guardia Civil, o português pediu para “aceitarem o dinheiro, não os denunciarem e deixá-los continuar”.

O homem terá dito ainda que já tinha feito o mesmo “várias vezes” e até especificou que a última vez tinha sido na localidade de Vitória, num controlo de peso.

“De imediato, a Guardia Civil devolveu a nota e repreendeu-o severamente, ordenando-lhe para se pôr à margem da situação, uma vez que não era o condutor do veículo”, acrescentou.

O homem voltou a insistir “com mais veemência” alguns minutos depois, o que levou os agentes da Guardia Civil a deter o português, que se encontra agora nas instalações da força de segurança espanhola, em Verín.

Este artigo foi publicado originalmente no Jornal de Notícias

Recomendado pelo Informa+

Qual a sua opinião?