Encontrada morta e seminua jovem que combinou boleia na internet

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

O corpo de uma jovem de 22 anos foi encontrado sem vida, no estado de Minas Gerais, Brasil, na passada quinta-feira. A rapariga participava num grupo de boleias através do Whatsapp e estava desaparecida desde quarta-feira.

Kelly Cristina Cadamuro morava na região de São José do Rio Preto e ninguém tinha notícias dela desde quarta-feira, quando combinou uma viagem pelo Whatsapp para Minas Girais. De acordo com a Polícia Militar, a jovem estava seminua e com a cabeça mergulhada num ribeiro.

As calças que usava foram encontradas a três metros do local. A perícia médica vai ajudar a compreender se a jovem foi vítima de violência sexual.

Segundo familiares, Kelly ia visitar o namorado, um engenheiro civil, e anunciou a viagem no grupo daquela rede social. Um casal ofereceu-se para dividir a despesa, mas, à última da hora, a mulher desistiu e apenas o homem se foi encontrar com Kelly, em Rio Preto.

A rapariga foi vista pela última vez numa estação de serviço. No local, informou a família, por telefone, que tinha dado boleia a uma pessoa que não conhecia.

Nas câmaras de videovigilância instaladas no local pode ver-se a jovem a seguir de carro em direção a Rio Preto e, pouco tempo depois, o mesmo carro é visto em sentido contrário, conduzido por um homem. A viatura foi encontrada sem rodas e sem o sistema de som, numa estrada rural.

De acordo com a “Globo”, três suspeitos foram presos, na quinta-feira. Entre eles está o passageiro com quem Kelly combinou a boleia. A declaração de óbito aponta para asfixia e estrangulamento.

Este artigo foi publicado originalmente no Jornal de Notícias

“Tem cuidado”, avisou namorado de jovem assassinada após boleia na net

Qual a sua opinião?