“Encontrei Messi sozinho e a chorar como um bebé que perdeu a mãe”

Detectámos que tem um Ad Block ativo

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o Ad Block (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

O preparador físico da Argentina falou sobre uma das piores noites da carreira de Lionel Messi.

Elvio Paolorosso, preparador físico da era de Gerardo “Tata” Martino na seleção argentina, recordou uma das piores noites da carreira de Lionel Messi, lembrando o estado em que ficou o craque do Barcelona após a derrota na final da Copa América de 2016, na qual o futebolista “blaugrana” falhou uma grande penalidade.

“Foi muito doloroso ver o balneário depois da Copa América, mas o pior veio depois. Mais ou menos à duas da manhã, encontrei o Leo sozinho, absolutamente sozinho, chorando como um bebé que perdeu a mãe. Estava ali, assim, sem que alguém o pudesse consolar. Abracei-o e chorámos um pouco os dois”, atirou Paolorosso, em declarações reproduzidas pelo jornal Marca.

Este artigo foi publicado originalmente no O Jogo

Recomendações

Recomendações

Comente, dê a sua opinião!