Espanha: Pai mata duas filhas de 3 e 6 anos de idade, e atira-se pela janela

Detectámos que tem um Ad Block ativo

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o Ad Block (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

Um homem de 48 anos alegadamente matou as suas duas filhas pequenas em sua casa em Castellón, Espanha, e depois suicidou-se atirando-se pela janela ao apartamento onde vivia.

O incidente aconteceu por volta das cinco da manhã, no sexto andar do número 36 da rua Riu Adra, perto do centro desportivo “Ciutat de Castelló”, como conta o El País.

Ricardo, estava separado da esposa há um ano. A mulher não estava em casa, não partilhava nada mais com o pai, embora morasse perto do local.

Um vizinho revelou que, por volta de 5h45, o corpo do homem estava caído no chão da rua e que uma mulher de cerca de cinquenta anos o identificou.

Outra testemunha revelou que foram ouvidos fortes golpes no sexto andar do número 36, após o que se ouviram gritos “dolorosos”.

No interior da casa, o SAMU e o pessoal do Suporte Básico de Vida confirmaram a morte das duas crianças devido a morte violenta.

O homem, trabalhador do setor da contracção civil, estava desempregado, segundo um amigo, que se cruzou com ele pela última vez no último sábado:

“Isto deixou-me chocado”.

O homem tinha que pagar uma pensão de cerca de 400 euros para a ex-mulher, mas, segundo conta o seu amigo, desde fevereiro só pagava metade desse valor.

Recomendações

Recomendações

Comente, dê a sua opinião!