in

Euro cai após publicação de dados positivos sobre emprego nos EUA

O euro depreciou-se hoje face ao dólar depois da publicação de dados relativos ao mercado laboral norte-americano e de declarações do presidente da Reserva Federal (Fed) sobre os juros da dívida pública.

Às 17:55 (hora de Lisboa), o euro negociava a 1,1913 dólares, quando na quinta-feira ao final da tarde seguia a 1,1986 dólares.

O Banco Central Europeu (BCE) fixou hoje a taxa cambial de referência do euro em 1,1938 dólares.

O dólar e os juros das obrigações do Tesouro dos Estados Unidos dispararam após as declarações proferidas pelo presidente da Fed, Jerome Powell, na quinta-feira.

Powell não se mostrou preocupado com as taxas das obrigações e minimizou os receios quando a um possível aumento da inflação no futuro, alegando que seria temporário.

O Departamento do Trabalho indicou hoje que a taxa de desemprego nos Estados Unidos desceu uma décima e ficou em 6,2% em fevereiro, com uma forte criação de emprego.

Em fevereiro, a economia norte-americana criou 379.000 postos de trabalho, muito acima dos 200.000 esperados pelos analistas.

Os juros das obrigações norte-americanas a 10 anos atingiram 1,613% após a publicação destes números, que também impulsionaram o dólar.

Sugestões para ti