Fenda gigantesca vai dividir continente africano em dois

Detectámos que tem um Ad Block ativo

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o Ad Block (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

Impressiona pela sua dimensão. Uma fenda abriu-se ao longo de vários quilómetros no sudoeste do Quénia e, garantem os cientistas, vai acabar por dividir África em duas. Daqui a milhões de anos.

A enorme fenda abriu-se há poucos dias. Atravessou campos, estradas, vales, atingiu a reserva Masai, alarmou os habitantes. É o resultado de um caldeirão de fenómenos naturais, como a movimentação de placas tectónicas, terramotos e erupções vulcânicas.

“Debaixo dessa fenda há uma falha no terreno que está a separar África em duas”, explica o professor catedrático de Geodinâmica da Universidade de Granada, ao jornal “El País”. Juan Ignacio Soto diz que a divisão do continente é certa: “Sabemos que vai acontecer, só não sabemos quando”. Levará milhões de anos.

Este artigo foi publicado originalmente no Jornal de Notícias

Recomendações

Recomendações

Comente, dê a sua opinião!