PUB

Festa do Cinema Italiano arranca hoje em Lisboa e segue depois para outras 18 cidades

0 126

Lisboa, 05 abr (Lusa) — A 12.ª Festa do Cinema Italiano, cuja programação inclui mais de 50 filmes, uma retrospetiva completa do realizador Nanni Moretti, concertos e aperitivos musicais, arranca hoje em Lisboa, seguindo depois para outras cidades.

PUB

“Temos quase 50 filmes recentes italianos, uma grande retrospetiva sobre o Nanni Moretti, concertos de música clássica, encontros musicais e gastronómicos. É uma programação muito interessante, entre curtas, documentários e sessões dedicadas à grande arte italiana”, afirmou o diretor da Festa do Cinema Italiano, Stefano Savio, em declarações à agência Lusa.

O filme de abertura da 12.ª edição, “Notti Magiche” (“Noites Mágicas”, em português), de Paolo Virzì, é exibido hoje à noite, em antestreia nacional, no Cinema São Jorge. De acordo com Stefano Savio, trata-se de “uma comédia, desenvolve-se nos anos 1990, uma época quase de passagem de testemunho entre grandes autores do cinema italiano, que ficaram famosos em todo o mundo, e uma nova leva de jovens autores”.

O responsável inclui o filme de abertura na lista de “alguns dos recentes êxitos da última temporada em Itália” que serão exibidos no festival, na qual inclui também “Il primo re”, de Matteo Rovere, “sobre o mito quase fundador de Roma, a história de Rómulo e Remo”, e filme mais decente de Claudio Giovannesi, “La Paranza dei bambini” (“Piranhas — Os meninos da Camorra”, em português), em antestreia.

“La Paranza dei bambini”, baseado no primeiro romance do jornalista Roberto Saviano (autor de “Gomorra”, lançado em 2006, sobre a máfia napolitana), venceu em fevereiro o prémio de melhor argumento do Festival de Cinema de Berlim.

A programação inclui também, entre outros, os mais recentes filmes de Daniele Luchetti, “Io sono tempesta”, de Stefano Mordini, “Il testimoni invisible”, e de Paolo Sorrentino, “Loro 1” e “Loro 2”.

Na secção competitiva do festival, dedicada a primeiras e segundas obras, estão incluídos oito filmes.

No âmbito dos grandes clássicos do cinema italiano, haverá uma retrospetiva, em colaboração com a Cinemateca Portuguesa, dedicada ao trabalho de Nanni Moretti, que inclui obras inéditas, nomeadamente curtas-metragens e documentários entre os quais a antestreia de “Santiago, Itália”, documentário passado na década de 1970, após o golpe de estado do general Augusto Pinochet no Chile, quando a embaixada de Itália em Santiago abriu as suas portas a centenas de requerentes de asilo.

Na sessão de encerramento, a 14 de abril no São Jorge, será exibido “Euforia”, o mais recente trabalho de Valeria Golino.

A Festa do Cinema Italiano divide-se, em Lisboa, entre o Cinema São Jorge, a Cinemateca Portuguesa e os cinemas UCI El Corte Ingles e, além da exibição de filmes, inclui uma série de eventos paralelos, dos quais Stefano Savio destaca o concerto “4 Canções Italianas”, de Pedro Teixeira da Silva, composto por quatro canções inspiradas nos poemas dos italianos Giacomo Leopardi e Giosuè Carducci.

Até 14 de abril haverá também sessões de cinema e oficinas dedicadas aos mais novos, onde será apresentado “Leo Da Vinci: missione Monna Lisa”, um filme de animação de Sergio Manfio.

Ao longo da festa, os espectadores são convidados a “verem concertos de músicos italianos e experimentarem um verdadeiro aperitivo italiano”.

A lista de convidados desta edição inclui o realizador e ator Daniele Luchetti, o realizador Roberto Andò, o ator Luca Marinelli, o realizador Alberto Fasulo, o ator e realizador Phaim Bhuiyan, o realizador Marco Proserpio e o realizador, produtor e escritor Leonardo Guerra Seragnoli.

Além de Lisboa, a Festa do Cinema Italiano decorre em mais 18 localidades portuguesas: Coimbra (09 a 11 de abril), Almada (10 a 13 de abril), Porto (10 a 14 de abril), Setúbal (11 a 14 de abril), Alverca do Ribatejo (12 e 13 de abril), Penafiel (13 e 14 de abril), Moscavide (13 e 14 de abril), Aveiro (15 e 16 de abril), Viseu (01 a 03 de maio), Abrantes (01, 08 e 15 de maio), Beja (07 a 09 de maio), Caldas da Rainha (08 a 10 de maio), Évora (14 a 17 de maio), Tomar (14 a 18 de maio), Loulé (23 a 26 de maio), Funchal, Angra do Heroísmo e Santa Cruz da Graciosa ainda com datas por anunciar.

Mais tarde, de acordo com Stefano Savio, a festa passará por Angola, Moçambique e Brasil.

A programação completa, horários e locais, pode ser consultada em www.festadocinemaitaliano.com

Outros conteúdos na web

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Artigos recomendados

Artigos recomendados