Festival de Veneza começa hoje com cinema português em competição

O Festival de Cinema de Veneza, a cumprir 76 edições, arranca hoje em Itália e terá filmes portugueses em competição, com “A Herdade”, de Tiago Guedes, e “Cães que ladram aos pássaros”, de Leonor Teles.

A abertura do festival, o mais antigo da Europa, acontece com a estreia de “La vérité”, do realizador japonês Hirokazu Kore-eda, protagonizado por Catherine Deneuve, Juliette Binoche e Ethan Hawke.

O filme integra a competição oficial do festival, numa secção em que está também a longa-metragem portuguesa “A Herdade”, de Tiago Guedes e protagonizada por Albano Jerónimo.

Candidato ao Leão de Ouro, o filme conta a história de uma família dona de uma propriedade latifundiária, e ao mesmo tempo traça “o retrato da vida histórica, política, social e financeira de Portugal, dos anos 40, atravessando a revolução do 25 de Abril e até aos dias de hoje”, lê-se na sinopse.

“A Herdade”, já confirmado também no festival de Toronto, chegará aos cinemas portugueses a 19 de setembro.

Na competição oficial, com o júri a ser presidido pela argentina Lucrecia Martel, estarão ainda filmes como “The perfect candidate”, de Haifaa Al-Mansour, “Wasp Network”, de Olivier Assayas, “The Laundromat”, de Steven Soderbergh, “J’accuse”, de Roman Polanski, “Ad Astra”, de James Gray, “Waiting For The Barbarians”, de Ciro Guerra, “Ema”, de Pablo Larrain, e “Joker”, de Todd Phillips.

Em competição em Veneza, na secção Orizzonti, está a nova curta-metragem de Leonor Teles, intitulada “Cães que ladram aos pássaros”. O filme “acompanha os dias de verão de Vicente e da sua família, obrigados a sair da sua casa no centro do Porto, por força da especulação imobiliária”, refere a produtora.

Em Veneza, numa secção dedicada a clássicos do cinema, será ainda exibida uma versão restaurada de “Francisca” (1981), de Manoel de Oliveira. As obras exibidas na secção “Venice Classics” competem pelos prémios de Melhor Filme Restaurado e Melhor Documentário sobre Cinema.

O festival termina a 07 de setembro com “The Burnt Orange Heresy”, do realizador italiano Giuseppe Capotondi, e no qual entra o músico Mick Jagger.

O cineasta espanhol Pedro Almodóvar e a atriz britânica Julie Andrews vão receber o Leão de Ouro pela carreira e o realizador franco-grego Costa-Gavras receberá o Prémio Jaeger-LeCoultre 2019.

Recomendados

Recomendados

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Outros conteúdos na web