PUB
Categories: Atualidade
| Em
17/02/2020 20:38

Festival Música em Leiria tem 23 espetáculos e é “o maior dos últimos anos”

Por Lusa

Leiria, 17 fev 2020 (Lusa) – Vinte e três espetáculos integram o programa da 38.ª edição “Música em Leiria”, festival que chega a 12 municípios do distrito de Leiria e ao concelho de Ourém entre 20 de março e 25 de abril.

PUB

“É o maior dos últimos anos”, disse hoje, em Leiria, na apresentação o presidente do Orfeão de Leiria, que organiza o mais antigo festival nacional ininterrupto.

Vítor Lourenço notou que, pela primeira vez, o evento ultrapassa “as suas fronteiras naturais”, chegando a um concelho do Oeste, Alcobaça, e ao concelho de Ourém, no distrito de Santarém, com parcerias com o festival Cistermúsica e a escola Ourearte.

“Este alargamento territorial é uma das principais novidades”, declarou Vítor Lourenço.

O diretor artístico do “Música em Leiria”, António Vassalo Lourenço, destacou do programa a atuação de Ana Bela Chaves, “referência portuguesa e mundial da viola d’arco”, e o encerramento com a Orquestra XXI, “de altíssima qualidade artística”, que interpretará a 9.ª Sinfonia de Beethoven, “comemorando uma data importantíssima”, os 250 anos do nascimento do compositor.

“O desafio todos os anos é maior. Estamos a cumprir a nossa missão, trazendo boa música e boa cultura à região, dando palco aos mais novos e menos conhecidos, trazendo também as referências nacionais e internacionais”, afirmou.

António Chainho e Rão Kyao atuam juntos no Mosteiro da Batalha no início do festival, em 20 de março.

O espetáculo “Autópsia”, da Companhia Olga Roriz, é apresentado no Teatro José Lúcio da Silva (TJLS), em Leiria, em 21 de março.

Entre os dias 25 e 26 de março, a Camerata do Orfeão de Leiria leva concertos didáticos a Alvaiázere, Ansião, Castanheira de Pera, Pedrógão Grande e Figueiró dos Vinhos.

Também dia 25 de março, a Ópera ISTO, para público mais novo, é apresentada no TJLS.

Ainda em março, o festival convida o projeto Furum Fum Fum para tocar no Mercado de Santana, em Leiria, no dia 27.

O catalão Ferran Savall vem a Portugal apresentar “Instant” nos Claustros do Edifício Moagem Heritage, em 28 de março, e ao Mosteiro de Alcobaça, no dia seguinte.

Em abril, o Quarteto Contratempus atua no TJLS, dia 01, palco que recebe a comédia musical ‘a capella’ “The Primitals”, dia 03.

A Orquestra Filarmonia das Beiras e Sofia Sousa, violetista vencedora do Prémio Jovens Músicos 2018, atuam em 04 de abril na Igreja da Colegiada de Ourém e dia 05 na Sé Catedral de Leiria.

Harpas celtas de Lulavai estão também convidadas para este “Música em Leiria”, com concertos na Igreja de S. Pedro, em Porto de Mós, em 08 de abril, e no Teatro Stephens, na Marinha Grande, um dia depois.

No dia 15 de abril há música portuguesa e argentina no Teatro Miguel Franco (TMF), em Leiria, com Ana Bela Chaves e Fernando Altube.

O festival também abre um palco ao jazz, igualmente no TMF, com Eduardo Cardinho Quinteto em 19 de abril.

Um recital de piano e violoncelo de Sanja Repse e Aleksandra Pavlovic está agendado para 23 de abril, no Palácio dos Ataídes, em Leiria.

A soprano Isabel Alcobia e o tenor Carlos Guilherme cantam com a Orquestra Filarmonia das Beiras, dia 24 de abril, no Teatro-Cine de Pombal.

A edição de 2020 encerra no dia 25 de abril, com a Orquestra XXI no TJLS.

MLE // SR

PUB
Receba notícias de última hora e ainda informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar gosto ➜  
Partilhar
PUB
Comente. Dê a sua opinião
PUB