in

Filme “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias” de Regina Pessoa premiado no Japão

Redação, 02 abr 2020 (Lusa) — O filme de animação “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias”, da realizadora portuguesa Regina Pessoa, venceu o Prémio de Excelência na competição de curtas-metragens do Festival dos Prémios de Animação de Tóquio.

Os vencedores da edição deste ano foram anunciados no ‘site’ oficial do festival.

“Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias” é distribuído e promovido pela Agência da Curta Metragem e coproduzido entre Portugal (Abi Feijó, Ciclope Filmes), França (Reginald de Guillebon, Les Armateurs) e Canadá (Julie Roy, ONF).   

Desde a estreia, em junho do ano passado, na Croácia, a curta de 13 minutos foi já distinguida em vários festivais, entre os quais o festival de cinema de Annecy, em França, com o prémio especial do júri, o festival Animamundi, no Brasil, e o Caminhos do Cinema Português, em Coimbra.

Em janeiro deste ano, venceu o prémio de Melhor Curta Metragem dos prémios Annie. Considerados os ‘Óscares’ do cinema de animação, os Annie distinguem produções, em curta e longa-metragem, e são atribuídos anualmente pela Sociedade Internacional de Cinema de Animação.

O filme é uma homenagem ao tio Tomás de Regina Pessoa, “um homem humilde e um pouco excêntrico, que teve uma vida simples e anónima”, e foi criado “a partir das memórias afetivas e visuais” da infância da realizadora.

“Com este filme eu gostaria de testemunhar que não é preciso ser-se alguém para se ser excecional na nossa vida”, disse Regina Pessoa sobre “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias”.

Regina Pessoa, que começou a trabalhar como animadora nos filmes do cineasta português Abi Feijó, pertence, desde 2018, à Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, por convite da organização.

A cineasta portuguesa, nascida em Coimbra, é ainda autora das curtas-metragens “Ciclo Vicioso”, de 1996, “Estrelas de Natal”, de 1998, “A Noite”, de 1999, “Odisseia nas Imagens”, de 2001, “História Trágica com Final Feliz”, de 2005, e “Kali, O Pequeno Vampiro”, de 2014.

O Festival dos Prémios de Animação de Tóquio recebeu este ano 1.054 inscrições, de 67 países, para a competição de curtas-metragens. Destes, foram escolhidos 32 nomeados.

Este ano, devido à pandemia da covid-19, a competição decorreu no mundo virtual, com os visionamentos e as reuniões do júri a serem feitos online.

 

Deixe uma resposta

Loading…

0

Todas as ilhas dos Açores sob aviso devido a precipitação forte

Covid-19: Polícias e bombeiros são prioritários nos testes a partir de hoje – Governo