Obrigado por visitar o Informa+

Utilizamos cookies para melhorar a experiência do utilizador, fornecer funcionalidades de redes sociais, personalizar conteúdos, anúncios e analisar o tráfego no site. Consente? Pode alterar as suas definições de cookies em qualquer altura.

PUB
Categories: Desporto
| Em
08/12/2019 21:15

Flamengo, de Jorge Jesus, perde quatro meses depois no fecho do ‘Brasileirão’

Por Lusa

São Paulo, Brasil, 08 dez 2019 (Lusa) — O já campeão Flamengo, treinado pelo português Jorge Jesus, sofreu hoje a primeira derrota após quatro meses, na visita ao estádio do Santos, por contundente 4-0, na 38.ª e última jornada do campeonato brasileiro de futebol.

PUB

Na Vila Belmiro, a formação do Rio de Janeiro, já com o título mais do que arrecadado, averbou o maior desaire da época, construído com golos de Marinho, aos 15 minutos, do uruguaio Carlos Sánchez, aos 23 e 85, e Eduardo Sasha, aos 63.

O técnico luso, já com a ‘mira’ no Mundial de clubes, apostou no ‘onze’ mais utilizado, à exceção do lateral direito Rafinha, que foi rendido por Rodinei entre os titulares.

Esta foi quarta derrota do ‘Fla’ na prova, a segunda sob o comando de Jorge Jesus, que apenas tinha perdido no reduto do Bahia, na 13.ª jornada, em 04 de agosto, por 3-0.

Os ‘rubro-negros’ fecharam o campeonato com 90 pontos, mais 16 do que Santos e Palmeiras (ambos com 74), sendo que os santistas asseguraram o segundo posto, por terem mais uma vitória do que os palmeirenses, o primeiro critério de desempate na competição.

O Palmeiras, durante muito tempo líder do ‘Brasileirão’, terminou no último lugar do pódio, tendo vencido o Cruzeiro por 2-0, em Belo Horizonte, resultado que ditou a inédita despromoção dos mineiros – campeões brasileiros em 2003, 2013 e 2014 — à ‘Série B’.

Apesar do fecho das competições brasileiras, o Flamengo vai ainda disputar o Mundial de clubes, no Qatar, enquanto detentor da Taça Libertadores, conquistada sob o comando de Jorge Jesus.

Os cariocas estreiam-se na prova em 17 de dezembro, diante de Al-Hilal ou Espérance de Tunis, na primeira meia-final.

PUB
Partilhar
Mais informação sobre: Brasil
PUB
Comente. Dê a sua opinião
PUB