Funcionária de creche mata bebé de 4 meses porque não parava de chorar

Uma jovem de 19 anos, funcionária de uma creche nos Estados Unidos, está a ser acusada do homicídio de uma bebé de quatro meses.

A criança terá sido sufocada até à morte, alegadamente por não parar de chorar.

Segundo a polícia, Dejoynay Ferguson tapou a boca e nariz da menina de quatro meses porque esta não se calava.

As imagens de videovigilância do local mostram a funcionária a sufocar a criança durante mais de três minutos. Quando a funcionária volta a colocar a criança no berço, esta já não se mexia.

A jovem confessou às autoridades que a bebé estava “irritadiça” e que esta foi a forma de a calar.

Recomendados

Recomendados

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Outros conteúdos na web