in

GNR acaba com festa com 20 pessoas em Vilamoura

A GNR acabou na sexta-feira com uma festa ilegal numa vivenda em Vilamoura, no Algarve, que reunia cerca de 20 pessoas, incumprindo as normas sanitárias em vigor devido à pandemia de covid-19, foi hoje anunciado.

Em comunicado, o Comando Territorial de Faro da GNR adianta que, na sequência de uma denúncia a informar sobre a existência de que “estaria a decorrer uma festa ilegal numa residência”, pelas 22:00 os militares do Posto Territorial de Vilamoura deslocaram-se ao local para fiscalizar a denúncia.

“Ao chegarem perto da residência, [os militares] constataram ser perfeitamente audível o ruído de música proveniente do interior da mesma, tendo ainda constatado que se encontravam diversos carros parqueados à porta”, lê-se no documento.

Depois de contactado o responsável pela habitação, foi dada “ordem para terminar de imediato a festa, tendo identificado todos os presentes no local”.

De acordo com a GNR foram levantados mais de 20 autos de contraordenação por incumprimento ao dever geral de recolhimento domiciliário, bem como um auto de notícia pelo crime de propagação de doença.

Na nota é ainda referido que a operação contou com o reforço do Destacamento de Intervenção de Faro da GNR, tendo o processo sido remetido para o tribunal de Loulé, no distrito de Faro.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Avião-hospital pronto a levar doentes portugueses com Covid-19 para a Alemanha

Festa de swing em restaurante brasileiro com sexo em cima das mesas e sem regras gera polémica