in

GNR acaba com festa ilegal em casa de alterne em Sesimbra

Adobe Stock

A GNR da Quinta do Conde, Sesimbra, acabou com uma festa ilegal, na madrugada de sábado, realizada numa casa de alterne.

A intervenção ocorreu após denúncia de que na celebração estariam cerca de 30 pessoas, o que contraria a ordem do Governo que proíbe concentrações com mais de 10 pessoas na Área Metropolitana de Lisboa.

Em causa estão medidas de combate à proliferação da doença Covid-19. Fonte da GNR disse ao CM que o dono da casa foi identificado, assim como os cerca de 30 clientes presentes.

O caso foi participado ao Ministério Público. 

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Deixe uma resposta

Loading…

0

Incêndios: Mais de 20 concelhos em risco muito elevado

Acusados de homicídio sete dos oito arguidos do caso Giovani em Bragança