in

Homem confessa ter matado jovem com deficiência e largado corpo em poço

Facebook

Um jovem de 26 anos de Ovar, Augusto Pereira, foi encontrado morto num poço em Pardilhó, Estarreja, este sábado à tarde após ter estado desaparecido desde dia 6 de abril. A Polícia Judiciária já determinou que se trata de um homicídio e já identificou e deteve, na madrugada de domingo, um suspeito de 35 anos.

Este homem, um trabalhador da construção civil, já estava a ser investigado há vários dias pela GNR e seria um conhecido da vítima. Foi ele que deu o alerta para o local onde se encontrava o corpo e confessou o crime. As motivações para o homicídio são, para já, desconhecidas.

Ao que o Correio da Manhã apurou, o jovem teria uma “ligeira anomalia psíquica” o que levou a família a entrar em desespero após o seu desaparecimento. Apesar dos seus 26 anos, Augusto teria o mesmo discernimento que uma criança com cerca de 13 anos. 

O corpo de Augusto foi encontrado a oito quilómetros de onde desapareceu.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Deixe uma resposta

Loading…

0

Acidentes de viação diminuiram em 2020 e continuam a baixar este ano

Ajuntamento de 100 pessoas na Cova da Moura, Amadora, acaba em troca de tiros com polícia

Sugestões para ti