in

Homem mata mulher com dois tiros à queima-roupa na rua em Esmoriz

Facebook

Um homem de 79 anos matou a ex-companheira, Arminda Monteiro, de 58 anos, com dois tiros de caçadeira à queima-roupa numa rua de Esmoriz.

O alegado homicida dirigiu-se ao local onde a vítima trabalhava, encontrou-a na caixa do multibanco e disparou com uma arma dentro de um saco de plástico. Dois populares conseguiram intervir e impedir que o suspeito se suicidasse. Segundo testemunhas, o homem sofria de cancro em fase terminal e justificou a decisão ao dizer que “se não podia viver ela também não”. 

Um bombeiro que estava no edifício da Associação Mutualista, por cima da caixa multibanco, a dar uma formação em primeiros socorros, ouviu os disparos e socorreu a vítima com manobras de reanimação.

A vítima sofreu uma paragem cardiorrespiratória e o óbito foi declarado no local pela equipa da VMER de Santa Maria da Feira.

Segundo o que o CM apurou, não há historial de violência doméstica comunicada à GNR. O fim do relacionamento poderá estar na origem do crime.

A GNR deteve o homem no local. A Polícia Judiciária de Aveiro procede agora às respetivas diligências.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Deixe uma resposta

Loading…

0

Alfa/Acidente: Vítimas mortais no descarrilamento em Soure eram trabalhadores da REFER

Theatro Circo em Braga com 98 mil espetadores e quase 400 mil euros de bilheteira em 2019