Homem que matou amante e cães à facada está em fuga

Detectámos que tem um Ad Block ativo

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o Ad Block (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

Uma mulher, com cerca de 50 anos, foi encontrada morta, pelo filho de 14, esta quinta-feira ao final do dia, numa casa junto à igreja de Nossa Senhora da Conceição, em Vila Real.

O homicida, que é amante da vítima, é emigrante na Suíça e colocou-se em fuga no carro da mulher. A polícia montou uma caça ao homem durante toda a noite. Procuram o carro que o homicida levou, um Mercedes C220 com a matrícula 23-58-QF.

De acordo com o que a CMTV, o menor deparou-se com o corpo ensanguentado da mãe quando voltava da escola. Chamou um táxi e dirigiu-se para um estabelecimento comercial onde contou o que tinha visto.

Os Bombeiros da Cruz Verde receberam o alerta cerca das 18h40 e quando chegaram ao local depararam-se com o corpo deitado no chão e com indícios de agressão. O cadáver da mulher, que era cabeleireira, tinha pelo menos dez golpes de arma branca e havia sangue em várias divisões da casa.

Segundo o comandante da corporação, Miguel Fonseca, junto ao corpo estavam ainda dois cães mortos. O óbito da mulher foi declarado no local.

Por haver indícios de crime, a Polícia Judiciária de Vila Real foi chamada e está a investigar os contornos deste caso. As perícias ainda estão a decorrer.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Recomendações

Recomendações

Comente, dê a sua opinião!