PUB
Categories: Televisão
| Em
28/11/2019 12:42

Hungria não vai participar na Eurovisão por considerar um “festival demasiado gay”

A Hungria não deverá participar na próxima edição do festival de música da Eurovisão, que se realiza em Roterdão, na Holanda.

PUB

A decisão deverá estar relacionada, segundo o The Guardian e o website index.ru, com o facto do governo e dos media de extrema-direita considerarem o festival “demasiado gay”.

Segundo a estação pública MTVA, “em vez de participar na Eurovisão em 2020, vamos apoiar diretamente as valiosas produções criadas pelos talentos da música pop húngara”.

Recorde-se que a Hungria é governada por um governo de extrema-direita chefiado por Viktor Orban. Desde a sua chegada ao poder tem-se verificado um aumento da retórica homofóbica na Hungria.

PUB
Receba notícias de última hora e ainda informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar gosto ➜  
Partilhar
Mais informação sobre EurovisãoHungriaViktor Orban
PUB
Comente. Dê a sua opinião
PUB

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência durante a navegação no site

Saber mais