in

Incêndios: Fogo da Covilhã tem uma frente ativa e não há povoações em perigo

Lisboa, 30 jul 2020 (Lusa) – O fogo que lavra desde quarta-feira em Sobral de São Miguel, concelho da Covilhã, tinha ao início da manhã uma frente ativa, sem perigo para povoações, e durante a noite “evoluiu favoravelmente”, disse à Lusa o comandante operacional distrital.

Em declarações à agência Lusa pelas 07:00, Francisco Peraboa afirmou que o incêndio tinha ao início da manhã uma frente ativa e que os trabalhos dos bombeiros estavam “a correr favoravelmente”.

O comandante operacional afirmou que não há povoações em perigo e que os bombeiros, durante a noite, aproveitaram “a janela de oportunidade” e foram progredindo no terreno “conforme a meteorologia e a orografia foi permitindo”

“Estamos a consolidar os pontos quentes para manter todo o perímetro do incêndio numa fase de controlo”, acrescentou.

Durante o dia de quarta-feira, o vento e a orografia do terreno – uma zona de serra com poucos acessos – dificultaram o combate às chamas, que deflagraram às 14:43, na freguesia de Sobral de São Miguel, uma das Aldeias do Xisto, e progrediu em direção à povoação anexa do Pereiro.

Segundo os dados disponibilizados no ‘site’ da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, pelas 07:00 estavam no terreno 515 operacionais, apoiados por 158 viaturas.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Robô é lançado hoje para Marte para recolher amostras que só chegam à Terra em 2031

Incêndios: Risco máximo em seis distritos do interior Norte