in

Incêndios: Um desaparecido e quatro feridos em acidente com viatura dos bombeiros

Um bombeiro da corporação de Proença-a-Nova, de 21 anos, estava desaparecido sábado à noite na sequência de um acidente que provocou também três feridos ligeiros e um grave, enquanto combatiam o incêndio que lavra em Oleiros, Castelo Branco.

No local, em Perna do Galego, concelho da Sertã, encontram-se equipas de busca e salvamento para encontrar o bombeiro desaparecido, segundo informou, cerca das 23:à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco.

O presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, João Lobo, explica que os cinco bombeiros se encontravam no combate às chamas e a viatura em que seguiam, quando se deslocavam de um ponto para o outro, capotou.

“Durante uma manobra rebentou um pneu, que criou instabilidade no veículo e capotou”, referiu João Lobo, à agência Lusa.

Carlos Pereira, comandante da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, adiantou à agência Lusa que o ferido ligeiro foi encaminhado para o hospital de Castelo Branco, e que está no local uma equipa do INEM a prestar assistência ao ferido em estado grave, para posteriormente ser transportado.

Durante a tarde, segundo o responsável da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, registou-se um outro acidente com uma viatura dos Bombeiros Voluntários de Castelo Branco, que ardeu, em Oleiros, sem qualquer ferido a registar.

O presidente da Câmara Municipal de Oleiros, Fernando Jorge, tinha antes adiantado à Lusa tratar-se de um acidente “perto de Roda”, no concelho, de que teriam resultado ferimentos em cinco bombeiros, o que acabou por não se confirmar.

O incêndio deflagrou no concelho às 15:31, em Sardeiras de Baixo, Oleiros, e alastrou aos concelhos vizinhos.

Depois de os sete meios aéreos se terem retirado, com o anoitecer, permanecem no combate às chamas 429 operacionais de corporações de vários distritos, apoiados por 136 viaturas.

Sugestões para ti