Jardel recorda penálti na Luz: «O João Manuel Pinto soprou e eu caí»

0 2.797

Mário Jardel, antigo jogador de FC Porto e Sporting, recordou o encontro que disputou com a camisola dos leões no Estádio da Luz em 2001. As águias estavam a ganhar por 2-0, mas o brasileiro marcou dois golos e empatou a partida. O avançado admitiu agora que o primeiro resultou de um penálti simulado.

“O penálti na Luz foi assim: o gajo cruzou, o João Manuel Pinto soprou, eu caí, penálti. Os jogadores do Benfica estavam a reclamar que não tinham tocado. Eu falei que o vento estava forte. Encheram uma piscina ali e eu vi logo a piscina”, atirou Jardel em entrevista à SIC.

O árbitro da partida era Duarte Gomes, que agora, em conversa telefónica com Jardel, ouviu o jogador desculpar-se: “O vento estava muito forte e tive de ‘me jogar’. Vou pedir-te desculpa e depois pedes tu”. O antigo juiz respondeu, entre risos: “Não tens de pedir desculpa, faz parte do jogo”.

Jardel falou ainda de outras memórias em Portugal, confessando que adora fado mas cantando uma célebre música de Rui Veloso com o seu nome: “Voar como Jardel sobre os centrais”.

O brasileiro revelou ainda duas premissas que seguia à risca: “O que fazia sempre antes dos jogos? Alongamentos. O que nunca fazia? Sexo. Nada. Concentração total. Só depois. E se estivesse muito cansado, não.”

Publicado originalmente em: Record

Outros conteúdos na web

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Recomendados