Jerónimo Martins aumenta prémio aos colaboradores para 475 euros

A empresa vai pagar aos trabalhadores um total de 38 milhões de euros, cerca de 10% dos lucros obtidos no ano passado.

A Jerónimo Martins vai aumentar o prémio anual aos colaboradores em 6% para 475 euros, anunciou a empresa esta quinta-feira, 18 de abril.

“O Conselho de Administração de Jerónimo Martins aprovou a proposta do seu Presidente, Pedro Soares dos Santos, no sentido de aumentar o valor deste prémio em cerca de 6% face ao ano anterior”, refere a empresa em comunicado.

O pagamento deste prémio individual abrange aproximadamente 80% dos colaboradores do grupo, aplicando-se sobretudo aos trabalhadores das lojas e logística nos três países onde opera.

No total, o grupo que detém os supermercados Pingo Doce vai pagar os colaboradores 38 milhões de euros, cerca de 10% dos lucros obtidos no ano passado.

A empresa explica que este prémio, de natureza extraordinária, acumula com a remuneração variável mensal em vigor e com os vários programas e ações de apoio aos colaboradores nas áreas da saúde, da educação e do bem-estar familiar, nos quais, no ano passado, em Portugal, o grupo investiu mais de 2,7 milhões de euros.

De acordo com o comunicado, o Grupo Jerónimo Martins emprega atualmente cerca de 108.500 colaboradores, 30% dos quais em Portugal onde, em 2018, criou 713 postos de trabalho.

Publicado originalmente em: Jornal de Negócios

Outros conteúdos na web

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Recomendados

Recomendados