in

João Pedro Sousa elogia Vitória de Setúbal e admite dificuldades para o jogo

Vila Nova Famalicão, Braga, 03 jan 2020 (Lusa) – O treinador do Famalicão, João Pedro Sousa, teceu hoje elogios ao adversário Vitória de Setúbal, em jogo da 15.ª jornada da I Liga de futebol, admitindo dificuldades para a partida.

“[O Vitória de Setúbal] É uma equipa que está a fazer um excelente campeonato, que mudou recentemente de treinador, e tem agora uma forma de jogar completamente diferente, o que nos obrigou a uma análise muito profunda nos últimos dias. Até porque o Vitória de Setúbal tem uma forma de jogar pouco usual, pouco vista, mas com qualidade”, disse.

Para o treinador, o clube sadino “vai criar, como cria aos outros adversários, novos problemas e só com soluções eficazes” o Famalicão vai conseguir “anular o processo ofensivo” contrário.

“Eles estão confiantes, mas nós estamos reocupados com a nossa tarefa e com o que trabalhámos durante a semana. E é isso que nos vai permitir vencer este jogo”, disse.

Questionado sobre o facto de o Famalicão ter quase o mesmo número de golos marcados que sofridos, João Pedro Sousa desvalorizou e disse que os golos que a equipa sofre, “porventura, estão relacionados com os golos” que consegue marcar.

“A nossa forma de atacar permite que o adversário consiga explorar um ou outro erro da nossa equipa. Nós sabemos isso, mas não queremos deixar de sofrer e não conseguir marcar. Se o preço para marcar dois golos for sofrer um golo, vamos marcar os dois na mesma. Eu prefiro jogar de uma forma que me permita marcar golos. Eu sei que, em algumas situações, nos sujeitamos a sofrer, mas não abdicamos da nossa ideia. O balanço joga a nosso favor, ganhámos mais do que perdemos, marcamos mais do que sofremos. Temos de arranjar um ponto de equilíbrio, mas esse ponto não vai ser à custa de deixarmos de marcar golos”, frisou.

Quase sem jogar há duas semanas, o treinador considerou que a pausa foi boa para a sua equipa.

“A pausa foi importante porque conseguimos recuperar o Lionn e o Patrick William e porque conseguimos trabalhar aspetos que precisavam de ser melhorados. Fizemos um balanço daquilo que fizemos desde o início da época e preparamos da melhor forma possível os próximos meses que vão ser muito exigentes”, rematou.

João Pedro Sousa recusou-se a traçar objetivos diferentes dos que os que o Famalicão traçou no início da época.

“Vamos manter os objetivos e o foco no principal objetivo que passa por consolidar o clube na I Liga. Enquanto a manutenção não estiver garantida não vamos pensar em mais nada”, reforçou ainda.

O Famalicão, quarto classificado, recebe este sábado, às 20:00 horas, o Vitória de Setúbal, no sétimo lugar, em jogo da 15.ª jornada da I Liga de futebol.

Sugestões para ti