José Castelo Branco tinha razão. Mulher de Victor Espadinha era dona de um bar de meninas e chegou a ser detida

José Castelo Branco esteve “debaixo de fogo” no Roast, transmitido pela TVI.

O socialite ouviu os comentários dos humoristas, convidados e da anfitriã, Ana Garcia Martins, e no fim respondeu às farpas.

Vítor Espadinha, que se tinha referido às orgias em que Castelo Branco esteve envolvido, viu Castelo Branco fazer revelações sobre o seu bar de alterne.

“Lembro-me muitíssimo bem que tinhas um bar de vacas, umas do alterne, no Estoril, onde eu ia todas as noites depois de sair dos sítios civilizados”, recordou.

“Ia com sua alteza real, o senhor dom Henrique de Bragança” – quarto duque de Coimbra e irmão mais novo de Dom Duarte Pio.

“Ele adorava. Tinha uns orgasmos só de ver aquelas meninas. E eu dizia-lhe: senhor dom Henrique, contenha-se! Noblesse oblige! Nós somos da realeza, não podemos quebrar nunca.”, contou.

Vítor Espadinha sorria perante as relações do socialite, acenando afirmativamente com a cabeça.

José Castelo Branco revela noites loucas com a “alteza real” na “casa de meninas” de Vítor Espadinha

O bar em questão era de Maria Matos, mulher de Espadinha.

A mulher era a sócia-gerente do Bar da Tina, que ainda existe e fica no Estoril, perto do Tamariz.

Em 2011, Maria Matos chegou mesmo a ser detida para prestar declarações.

O ator na altura confirmou o escândalo.

“A Maria é sócia do Bar da Tina, assim como de vários estabelecimentos da noite e realmente foi confrontada com as buscas”, disse, acrescentando: “Quando soube do que se passava fui ter ao bar para a apoiar e ir buscá-la”.

Durante as buscas foram detidos 4 polícias por corrupção, tráfico de droga e extorsão.

Outros conteúdos na web

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Recomendados

Recomendados