José Raposo: “Carlos Areia é mais uma prova da ingratidão deste país”

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

José Raposo partilhou uma fotografia em que recorda uma peça de 1984 na qual contracenava com Carlos Areia, dirigindo-lhe palavras de apreço depois da entrevista emocionada que este concedeu ao “Alta Definição”, da SIC, transmitida no passado sábado.

O ator, de 54 anos, amigo de longa de Carlos Areia, de 73, não quis deixar de comentar a mais recente entrevista do programa conduzido por Daniel Oliveira, na qual Carlos Areia confessou que atravessa dificuldades financeiras e sofre com o facto de não ser chamado para trabalhos como ator.

“O Carlos Areia é um ator maravilhoso e um homem bom! Amei a exposição sincera e sem lamechices no ‘Alta Definição’! Ele é mais uma prova da ingratidão deste ‘país que não é p’ra velhos’, como ele próprio referiu, nem p’ra ‘gente da revista’, acrescento eu. Estou farto, farto, farto da incompetência de quem julga e decide quem é quem para fazer o quê neste país, com critérios muito preconceituosos!”, começou por escrever, esta quinta-feira, José Raposo.

“Quero registar publicamente a minha admiração pelo Areia como colega e como amigo e o meu desejo de que a vida lhe sorria como ele sempre sorriu para todos nós!”, concluiu o marido da também intérprete Sara Barradas.

À publicação do ator reagiram Rosa Bela, de 25 anos, companheira de Carlos Areia, e Maria João Abreu, ex-mulher de José Raposo. Ambas elogiaram as palavras do ator, que deu recentemente vida a Armando na novela “Amor Maior”, da SIC.

Este artigo foi publicado originalmente no Jornal de Notícias

Qual a sua opinião?