Jovem dá “golpe” de 300.000€ à Amazon devolvendo encomendas cheias de… terra

Um jovem de 22 anos que mora em Maiorca, Espanha, foi o arquiteto do maior golpe contra a Amazon Europa e, possivelmente, o mais simples: comprou artigos caros e devolveu caixas cheias de terra, mantendo os objetos de valor.

O autor dos crimes foi James Gilbert Kwarteng, que já foi detido juntamente com os pais, acusados de serem cúmplices na assinatura das encomendas que chegaram à sua casa, revela a edição online do 20 Minutos.

O advogado da família disse que o casal não sabia nada sobre o que o seu filho estava a fazer. O criminoso criou uma sociedade chamada Kwartech para vender os produtos que roubava à Amazon: telefones topo de gama, tablets, e computadores.

No total, conseguiu 330.000 euros graças aos artigos que roubou à gigante do comércio electrónico. O jovem encomendava os produtos on-line, pesava-os antes de abrir as encomendas, e enchia a caixa de terra e areia com o mesmo peso que o artigo original.

Depois, solicitava a devolução dos artigos e entregava o pacote de volta aos armazéns da empresa, através da transportadora.

A facilidade proporcionada pelo serviço de devoluções da Amazon ajudou ao crime quase perfeito. Assim que é solicitada a devolução do artigo o reembolso é recebido imediatamente. O cliente tem o período de um mês para devolver o produto.

A Amazon encerra o processo de devolução no momento em que a transportadora regista a etiqueta de devolução e, como milhares de encomendas são devolvidas, a empresa não as revê imediatamente.

Foi no centro da Amazon em Barcelona que descobriram as caixas cheias de terra e começaram a investigar de onde vinham.

Recomendados

Recomendados

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Outros conteúdos na web