Jovem fere várias pessoas à machadada na Suíça

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

Um jovem de 17 anos foi baleado e detido pelas autoridades suíças, domingo à noite, depois de ter ferido com um machado várias pessoas no cantão de St. Gallen.

O ataque começou cerca das 20 horas de domingo, perto do posto de correios em Flums, onde o jovem letão atacou um casal com um bebé. Transeuntes que passavam no local tentaram travar o suspeito que brandia um machado e este fugiu “num carro roubado”, revelaram as autoridades.

Mais tarde, o jovem teve um acidente com o carro da fuga e prosseguiu a pé até a uma estação de serviço, onde feriu várias pessoas, mas acabou baleado pela polícia cantonal, que o conseguiu deter depois de ter tentado usar uma arma Taser.

“Até ao momento, não há qualquer ligação a terrorismo”, refere o porta-voz da polícia suíça Krusi Hanspeter, em comunicado. Segundo o jornal Blick, uma casa foi revistada pelas autoridades na sequência deste ataque.

Já esta manhã, em conferência de imprensa, as autoridades revelaram que, na primeira parte do ataque, uma homem de 35 anos sofreu ferimentos graves e uma mulher de 30 anos também ficou ferida, apesar de se desconhecer a gravidade da situação. Uma pessoa de 72 anos e outra de 59, que terão tentado travar o suspeito, já saíram do hospital, depois de terem sofrido ferimntos leves. Um bebé de oito meses caiu do carrinho durante o ataque e ainda se encontra sob vigilância no hospital.

Na estação de serviço, duas vítimas de 21 anos e 59 anos ficaram feridas sem gravidade, enquanto o suspeito sofreu ferimentos graves, depois de baleado pela polícia.

Sabe-se que o jovem vivia em Flums desde 2013, ano em que se mudou de Riga para a Suíça.

Este artigo foi publicado originalmente no Jornal de Notícias

Recomendado pelo Informa+

Qual a sua opinião?