Jovem jogador de 21 anos morre de enfarte, após médicos recusarem ajuda

Um jovem de 21 anos morreu vítima de um enfarte, depois de lhe ter sido recusada assistência médica.

Cristian Paniego estava a jogar futebol, em Corral de Almaguer, Espanha, quando caiu desamparado.

O jovem começou a sangrar pela cabeça. Os amigos aflitos ligaram para o 112, mas sem sucesso.

Três dos amigos foram ao centro médico mais próximo, a 650 metros do complexo desportivo, uma viagem que durou menos de dois minutos.

Solicitaram ajuda dos médicos, mas estes recusaram ir ao local porque não podiam abandonar o posto, alegando ainda que não tinham veículo disponível para ir buscar a vítima.

Paralelamente, no polidesportivo não foi possível aceder ao desfibrilhador por estar numa sala fechada à chave.

O caso encontra-se agora nas mãos dos juízes.

Recomendados

Recomendados

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Outros conteúdos na web