Obrigado por visitar o Informa+

Utilizamos cookies para melhorar a experiência do utilizador, fornecer funcionalidades de redes sociais, personalizar conteúdos, anúncios e analisar o tráfego no site. Consente? Pode alterar as suas definições de cookies em qualquer altura.

PUB
Categories: Mundo
| Em
07/02/2020 09:53

Jovem português que asfixiou namorada arrisca perpétua nos EUA

Javier da Silva, de 25 anos, está a ser julgado pelo homicídio da namorada em Nova Iorque, EUA.

PUB

O jovem português vai cumprir pelo menos 30 anos de cadeia, mas a pena pode chegar a perpétua.

O jovem que nasceu na Venezuela mas que possui nacionalidade portuguesa, declarou-se culpado pelo rapto e assassinato de Valerie Reys, de 24 anos.

Javier da Silva Rojas matou a rapariga por asfixia depois de terem relações sexuais na casa da vítima. Colocou o corpo da namorada dentro de uma mala e deixou-a numa zona florestal do Estado de Connecticut.

O jovem que estava ilegal nos EUA, não deverá ter hipótese de escapar a uma pena pesada. A decisão será conhecida a 21 de maio.

PUB
Receba notícias de última hora e informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar gosto ➜  
Partilhar
Mais informação sobre: CrimesEUAPortuguês
PUB
Comente. Dê a sua opinião
PUB