Jovens bailarinos estreiam-se em Lisboa e Porto no programa Território

Lisboa, 08 jul 2019 (Lusa) — Doze jovens bailarinos vindos de várias escolas de todo o país vão estrear-se a 19 de julho em peças coreográficas criadas por Maurice Causey e Alexander Ekman, em espetáculos em Lisboa, e depois no Porto.

PUB

De acordo com a Companhia Nacional de Bailado (CNB), este projeto faz parte do programa Território, que teve a sua segunda edição nos Estúdios Victor Cordon para uma experiência em ambiente profissional.

O programa Território II irá terminar com espetáculos – que reúnem as coreografias “Emerge” e “Ekman Excerpts” — a apresentar em Lisboa no Teatro Camões, no dia 19 de julho, e no Porto, no Teatro Carlos Alberto, nos dias 27 e 28 de julho.

Para esta segunda edição, os coreógrafos e bailarinos convidados foram o sueco Alexander Ekman, e o americano, sediado na Holanda, Maurice Causey, que dirigiram este grupo de jovens bailarinos para desenvolverem as capacidades técnicas e artísticas, e trocar experiências.

“Emerge” é uma coreografia de Maurice Causey com música de Den Sorte Skole, e “Ekman Excerpts” tem coreografia de Alexander Ekman e remontagem de Nina Botkay, com música de Franz Schubert e Franz Joseph Haydn.

Pelo segundo ano consecutivo, o programa divide-se em três momentos: um primeiro de criação e ensaios, a que se segue a estreia no Teatro Camões, em Lisboa, e, finalmente, a digressão pelas cidades das escolas envolvidas.

Alunos e escolas participantes: Tomás Ruão (Conservatório de Dança do Vale de Sousa), Ana Raquel Silva, Filipa Prata, Margarida Silva, Maria Sousa (Ginasiano Escola de Dança), Alexandre Sellani, Inês Pedro, Mariana Vieira (Escola Domus Dança), Elia Santonastaso, João Santos (Pallcº Performing Arts School and Conservatory), Miguel Lopes (Escola da Companhia de Dança do Algarve) e Miguel Pinheiro (Academia de Dança de Matosinhos).

Também será apresentado o filme “B.I. — videográfico”, criado pelos alunos finalistas da escola de artes Ar.Co, em Lisboa, depois de desafiados a criar um filme que pudesse ser usado como arranque da apresentação pública do programa Território II.

Doze alunos do Departamento de Cinema/Imagem em Movimento fizeram um filme de um minuto sobre cada um dos 12 bailarinos selecionados, funcionando, cada um destes filmes, como um bilhete de identidade videográfico com diferentes aproximações ao nível narrativo, plástico e expressivo, de acordo com a CNB.

Os alunos finalistas que participaram na criação destes filmes foram Ana Almeida, Beatriz Pradal, David Carp, Edsel Lobo, Estela Bento, Laura Garcia, Lucas Melo, Madalena Rebelo, Margarida Albino, Marin Fanjoy-Labrenz, Matt da Silva e Miguel Tavares.

Outros conteúdos na web

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Artigos recomendados

Artigos recomendados