Keizer quer manter Sporting na Liga Europa, mas rejeita que seja obrigação

0 111

Lisboa, 13 fev (Lusa) — O treinador do Sporting, Marcel Keizer, manifestou hoje a intenção de eliminar o Villarreal nos 16 avos de final da Liga Europa de futebol e, consequentemente, seguir em frente na competição, contudo rejeitou que seja uma obrigação.

“É claro que queremos muito passar à fase seguinte. Falar em obrigação, acho que é um pouco demais para mim. As duas equipas são muito boas e as últimas duas semanas foram complicadas para nós”, afirmou Marcel Keizer, em conferência de imprensa.

O técnico holandês falou ainda com alguma preocupação da quantidade de golos que os ‘leões’ têm sofrido, mas justificou o porquê e identificou a lacuna.

“Somos uma equipa de ataque, acabamos por sofrer alguns golos, mas é o que acontece quando queremos atacar e corremos o risco de sofrer golos. Temos que melhorar na reação à perda de bola, é um problema”, analisou.

Keizer classificou o adversário de “difícil e fechado”, que ainda não perdeu nesta edição da prova.

“É uma equipa que joga com passes muito rápidos e tem um jogo curto. É uma equipa boa, vai ser difícil, mas podemos ganhar. Vai ser um jogo fechado”, explicou.

Frente ao Villarreal, o internacional português Nani e o francês Mathieu não poderão dar o seu contributo, por se encontrarem a recuperar das respetivas lesões.

Na quinta-feira, o Sporting recebe os espanhóis do Villarreal, no Estádio José Alvalade, pelas 20:00, num encontro da primeira mão dos 16 avos de final, que será dirigido pelo francês Clément Turpin.

A segunda mão está agendada para 21 de fevereiro, no El Madrigal, em Villarreal.

Outros conteúdos na web

Comente, dê a sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Recomendados