PUB
Categories: Atualidade
| Em
02/12/2019 17:42

Lançado programa para prevenir obesidade em crianças dos 5 e 6 anos em Alenquer

Por Lusa

Alenquer, Lisboa, 02 dez 2019 (Lusa)- Um programa integrado de prevenção da obesidade infantil vai ser implementado nos próximos dois anos junto de crianças de 5 e 6 anos de Alenquer, no distrito de Lisboa, foi hoje anunciado.

PUB

O município de Alenquer, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, o Hospital de Vila Franca de Xira e a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa estabeleceram hoje uma parceria com vista à implementação do projeto nos próximos dois anos.

As crianças vão ser referenciadas pelo centro de saúde local, podendo beneficiar de consultas de nutrição e uma aula por semana de natação gratuita.

A unidade vai reforçar as consultas de saúde infantil, atribuir médico de família a todas as crianças que integrarem o projeto, promover sessões de esclarecimento junto das famílias e encaminhar casos patológicos de obesidade para o Hospital de Vila Franca de Xira que, por sua vez, é responsável pelo diagnóstico e terapêutica desses casos.

A autarquia assegura a nutricionista e as aulas de natação, assim como a promoção de ações de educação para a saúde e a distribuição de fruta aos alunos do pré-escolar e primeiro ciclo para incentivar a uma alimentação saudável.

À Escola Superior compete reforçar as consultas de nutricionismo, participar na organização de atividades para a comunidade e organizar dados estatísticos resultantes do projeto.

Entre 2018 e 2019, os parceiros desenvolveram um projeto-piloto, no âmbito do qual foram avaliadas 88% das crianças do primeiro ciclo do concelho e 89,8% dos alunos entre o ensino pré-escolar e o ensino secundário.

Os resultados hoje apresentados revelaram que 64,5% tinham peso normal, 9,3% das crianças tinham excesso de peso, 12,5% obesidade, 10,4% baixo peso e 2% apresentavam sinais de magreza.

Dezassete crianças, entre os 5 e os 6 anos com excesso de peso ou obesas, acabaram por integrar o projeto, após autorização dos pais, tendo beneficiado de acompanhamento e consulta nutricionais, avaliação médica e uma aula semanal de natação.

Nenhuma delas foi encaminhada para o Hospital de Vila Franca de Xira por não apresentarem casos graves de obesidade, mas, após sujeitas às sessões do projeto, cinco baixaram o peso, três normalizaram o peso e dois aumentaram.

Na Europa, 29,6% das crianças entre os 6 e os 8 anos apresentam indicadores de excesso de peso e 12% de obesidade, de acordo com dados científicos revelados durante a sessão.

PUB
Partilhar
Lusa

A Agência Lusa é a maior produtora e distribuidora de notícias sobre Portugal e o mundo, em língua portuguesa. A Lusa acompanha a atualidade nacional e internacional a cada segundo.

PUB
Comente. Dê a sua opinião!
PUB