in

Lúcio, campeão do mundo em 2002, anuncia fim da carreira de futebolista

Rio de Janeiro, 29 jan 2020 (Lusa) — O central Lúcio, campeão do mundo em 2002 pelo Brasil, anunciou hoje, em declarações à TV Globo que se retira do futebol como jogador aos 41 anos, após duas épocas na quarta divisão brasileira, ao serviço do Brasiliense.

“É um dia especial para mim, ponho fim à minha carreira de jogador profissional. Com muito orgulho e gratidão a Deus e a todos os que me apoiaram”, disse Lúcio à Globo Esporte.

Nascido em Planaltina, perto de Brasília, em 1978, Lucimar da Silva Ferreira, mais conhecido por Lúcio, iniciou sua carreira no clube da sua cidade natal, antes de chamar a atenção do Internacional Porto Alegre, que o contratou em 1997.

As suas exibições ao serviço do clube do sul do Brasil suscitaram a cobiça dos alemães do Bayer Levekusen, que o foram contratar ao Internacional de Porto Alegre, ao serviço dos quais viria a marcar o único golo na derrota por 2-1 frente ao Real Madrid na final da Liga dos Campeões Europeus, na qual o internacional francês Zinedine Zidane brilhou a grande altura.

Do Bayer Leverkusen seria transferido para o ‘colosso’ Bayern Munique, com o qual se tornaria tri-campeão da Alemanha em 2005, 2006 e 2008.

No entanto, seria em Itália, ao serviço do Inter de Milão, entre 2009 e 2011, então treinado pelo português José Mourinho, que Lúcio teria a sua época dourada, ao conquistar a Serie A, a Taça de Itália e a Liga dos Campeões Europeus na época 2009/10.

Do Inter viria ainda a transferir-se para a Juventus, onde permaneceu apenas durante seis meses antes de regressar ao futebol brasileiro para brilhar ao serviço do São Paulo e do Palmeiras.

Sugestões para ti