PUB
Categories: Mundo
| Em
30/09/2019 12:06

Madrasta que matou o pequeno Gabriel condenada a prisão perpétua

Ana Julia Quezada, acusada de ter assassinado o enteado, o pequeno Gabriel, foi condenada a prisão perpétua, com revisão.

PUB

A juíza Alejandra Dodero condenou a mulher de origem dominicana pelo homicídio culposo de Gabriel Cruz, de oito anos.

O crime aconteceu a 27 de fevereiro de 2018, numa propriedade em Almería, em Espanha. 

Ana Julia Quezada admitiu ter assassinado o enteado num ato de raiva por este lhe ter chamado “negra feia”.

“Tapei-lhe a boca com a mão e não me lembro de mais nada. Só queria que se calasse, não queria matá-lo”, confessou no arranque do julgamento.

A mulher torna-se agora a primeira mulher em Espanha a ser condenada a prisão perpétua.

PUB
Partilhar
Redação

O Informa+ é uma publicação periódica online portuguesa que se dedica à divulgação e partilha na internet de notícias, informações importantes e ainda ferramentas úteis para o seu dia-a-dia.

PUB
Comente. Dê a sua opinião!
PUB