in

Mais alunos no ensino artístico que terá 74 milhões de euros no próximo ano

Lisboa, 21 jul 2020 (Lusa) — As escolas de ensino artístico especializado vão ter mais alunos financiados no próximo ano, atingindo os 32 mil estudantes, segundo a secretária de Estado da Educação, que anunciou uma verba de 74 milhões de euros para 2021.

As verbas atribuídas através dos contratos celebrados entre as escolas de ensino artístico especializado da dança, música, artes visuais e audiovisuais e o Ministério da Educação vão aumentar, segundo declarações da secretária de Estado da Educação, Susana Amador, durante a audição na comissão parlamentar de Educação, Ciência, Juventude e Desporto.

Susana Amador explicou que a verba prevista ronda os 72 milhões este ano e “74 milhões no próximo ano”.

Segundo a governante, no próximo ano letivo haverá “mais alunos financiados e a frequentar o ensino artístico”, rondando os 32 mil estudantes.

Além do ensino artístico, o funcionamento das aulas de Educação Física no próximo ano letivo, que se prevê que seja em plena pandemia de covid-19, foi outra das preocupações e questões levantadas por vários deputados durante a última audição regimental da equipa ministerial durante a atual sessão legislativa.

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, sublinhou a importância da Educação Física, lamentando o facto de “muitos jovens deixarem a prática física regular durante a adolescência”.

“Numa disciplina de corpo inteiro, não vai ser dentro das escolas que se vai poder fazer coisas que não se fazem fora das escolas. Aquilo que for autorizado fazer fora das escolas iremos fazer dentro das escolas”, afirmou o ministro.

A tutela, acrescentou, continua a trabalhar para que possam existir aulas de desporto: “Tudo faremos para quer as aulas de Educação Física possam funcionar com a normalidade possível” tendo em conta a pandemia de covid-19.

“Temos o trabalho da Educação Física em curso assim com o Desporto Escolar”, corroborou o secretário de estado da Educação, João Costa.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Incêndios: Fogo com duas frentes ativas em Montalegre mobiliza 150 bombeiros e 6 meios aéreos

Ministério da Saúde diz que vão ser colmatadas “desconformidades” assinaladas pelo TdC