Manuel Luís Goucha revela que a mãe lutou contra um cancro na mama aos 90 anos

“Tinha um caroço numa mama… e evoluiu e teve de fazer uma mastectomia parcial…”, partilhou o apresentador.

Esta terça-feira, 19 de Março, foi tema de conversa no programa “A Tarde é Sua” o envelhecimento dos pais.

PUB

Para isso, foi mostrada uma entrevista de Fátima Lopes a Manuel Luís Goucha que deu precisamente o seu testemunho enquanto filho.

O apresentador começou por falar do momento em que percebeu que Maria de Lourdes Sousa estava a envelhecer:

“ (…) Aos 17 anos saí de casa da mãe… A imagem que durante décadas eu tinha da minha mãe era a imagem da mulher deslumbrante, uma força da natureza, que cuidou dos filhos sozinha, que venceu o preconceito de ser mulher separada, isto há 60 anos”, disse.

“E portanto essa imagem era a imagem que também me convinha. Eu sempre disse que a minha mãe é tudo aquilo que ela é e tudo aquilo que eu lhe botei em cima, que eu construí, e portanto é uma imagem poderosa”, admitiu depois.

O parceiro de apresentação de Maria Cerqueira Gomes relatou então uma história que o marcou para sempre:

“Lembro-me perfeitamente que ela foi ao Porto ter comigo, porque ia ao médico dos olhos, e eu devo ter sido brusco numa resposta qualquer que ela diz-me uma coisa que me deitou por terra, que foi: «Eu acho que já não gostas tanto de mim porque eu estou a envelhecer». Isto foi horrível. Foi a coisa mais horrorosa que me disseram na vida”, contou, admitindo que a partir daí “acabou o endeusamento”.

Sobre a forma como encarou a chegada do envelhecimento da mãe, o comunicador referiu:

“Não, mas a minha mãe nisso é que mostrou resiliência e até alguma força. (…) A minha mãe é independente, eu promovo-lhe a independência. (…) Ela quer ter o seu canto… Ela está lúcida, independente, senhora do seu nariz e eu herdei isso dela”, afirmou.

Ainda sobre a progenitora, Manuel Luís Goucha revelou:

“Eu promovo a independência da minha mãe, porque ela está autónoma, ela não tem problemas nenhuns de saúde mas a minha mãe teve um cancro na mama aos 90 anos e foi ela que o geriu”, disse, explicando:

“Tinha um caroço numa mama, a médica disse: «não, não vale a pena, isto é um caroço, isto não vai evoluir» e evoluiu, teve de fazer uma mastectomia parcial. Estava eu aqui a fazer o programa, ela disse logo «eu quero ir para uma clínica privada, disse à médica: «Se for preciso tirar as duas mamas, tiro as duas mamas, não me fazem falta nenhuma». Eu saí daqui, fui vê-la, estava óptima, passados quatro dias estava em casa, óptima”.

O apresentador da TVI referiu ainda que, ainda que acompanhada 24 horas por dia, a mãe continua na casa onde sempre viveu, uma vez que “tirá-la de casa é matá-la”.

No final da entrevista, Goucha garantiu: “Aos 95 anos ainda está para durar”.

Podes ver a entrevista na íntegra aqui..

Recomendados

Recomendados

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Outros conteúdos na web