Maradona diz que “filho da p* do Ronaldo” não é melhor de sempre

Detectámos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

Diego Maradona, em entrevista ao jornal espanhol As, defende que Cristiano Ronaldo não é o melhor jogador de futebol de sempre e acredita até que o Grémio pode bater o Real Madrid e conquistar o Mundial de Clubes, na final a realizar este sábado.

Atualmente a treinar o Al-Fujairah, da segunda divisão dos Emirados Árabes Unidos, país onde se realiza o Mundial de Clubes, Maradona fez uma série de afirmações controversas.

No seu estilo desbocado, o ex-internacional argentino afirmou que seria capaz de apostar na vitória do emblema brasileiro, “ainda que esse filho da p*do Ronaldo” faça parte da equipa adversária e consiga facilmente resolver o jogo. “Meto uma ficha pelo Grémio.

Parece-me uma boa equipa. Ainda que esse filho da p* seja uma maravilha, a definição é o seu forte.

Reconheço que, quando a equipa precisa, ele está lá. Ele tem isso”.

Depois de Cruyff, não houve muitos jogadores que tiveram essa qualidade” Maradona, quando foi confrontado com as declarações do internacional português, que, após conquistar a quinta Bola de Ouro, disse ser o melhor jogador da história, começou a rir-se e afirmou: “Digam-lhe que não brinque”.

Ainda assim, quando questionado sobre quem será, então, o melhor jogador do mundo de sempre, o treinador acaba por referir o nome do internacional português.

“Do pouco que vi… Alfredo Di Stefano… Cruyff… Messi… e pode estar Cristiano também”.

Modéstia nunca foi o forte de El Pibe: “Eu teria mais [Bolas de Ouro] do que Cristiano Ronaldo e do que Messi”, explica o antigo capitão argentino que lamenta que, no tempo dele, o prémio da Bola de Ouro só fosse atribuído a jogadores europeus.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Recomendado pelo Informa+

Qual a sua opinião?