Obrigado por visitar o Informa+

Utilizamos cookies para melhorar a experiência do utilizador, fornecer funcionalidades de redes sociais, personalizar conteúdos, anúncios e analisar o tráfego no site. Consente? Pode alterar as suas definições de cookies em qualquer altura.

PUB
Categories: Atualidade
| Em
06/02/2020 21:32

Marcelo faz visita de Estado à Índia de 13 a 16 deste mês entre Deli, Mumbai e Goa

Por Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai realizar de 13 a 16 deste mês uma visita de Estado à Índia, dividida entre a capital, Nova Deli, Mumbai e Goa.

PUB

Com chegada a Nova Deli prevista para a noite de quinta-feira, 13 de fevereiro, Marcelo Rebelo de Sousa terá no dia seguinte encontros institucionais com o Presidente da República da Índia, Ram Nath Kovind, e com o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi.

Segundo uma nota divulgada hoje no portal da Presidência da República na internet, em Nova Deli o chefe de Estado “testemunhará, juntamente com o seu homólogo, a troca de instrumentos bilaterais que permitirão reforçar o relacionamento entre os dois países”.

“Na capital indiana terá também a oportunidade de prestar pública homenagem a Mahatma Gandhi, assim ilustrando a importância dos valores da paz, do humanismo e da sã convivência entre os povos”, além de “inaugurar uma instalação de Joana Vasconcelos”, lê-se na mesma nota.

Em Mumbai, centro económico da Índia, no dia 15 de fevereiro, o chefe de Estado terá um pequeno-almoço com empresários indianos, encerrará um seminário económico e prestará homenagem às vítimas dos ataques terroristas de 2008.

Esta visita de Estado termina em Goa, antiga possessão portuguesa, onde Marcelo Rebelo de Sousa assistirá à assinatura de um contrato entre o grupo Águas de Portugal e o governo local, estará na abertura de um seminário sobre requalificação urbana e visitará o Convento de Santa Mónica e o Museu de Arte Cristã.

Acompanharão esta deslocação do Presidente da República o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, os secretários de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, e da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches, e deputados de vários partidos.

Esta será a 17.ª visita de Estado de Marcelo Rebelo de Sousa e a segunda a um país asiático, depois da República Popular da China, onde esteve no ano passado.

O primeiro-ministro, António Costa, realizou em janeiro de 2017 uma visita de cinco dias à Índia que teve caráter de Estado e regressou em dezembro do ano passado a Nova Deli, onde esteve um dia e meio e se encontrou com o seu homólogo indiano, Narendra Modi.

De acordo com a Presidência da República, o programa desta visita, a convite de Ram Nath Kovind, “demonstra a importância atribuída por Portugal e pela Índia ao aprofundamento do sólido relacionamento bilateral que os une, bem como ao pleno aproveitamento do potencial existente para a sua diversificação nas mais diversas áreas”.

“Constitui igualmente uma oportunidade para abordar um conjunto de temas relevantes no contexto internacional e assim reiterar a visão partilhada entre os dois países sobre a importância do diálogo e do multilateralismo”, acrescenta-se, na nota hoje divulgada.

Antes de Marcelo Rebelo de Sousa, fizeram visitas de Estado à Índia os presidentes da República Mário Soares, em 1992, e Aníbal Cavaco Silva, em 2007.

PUB
Receba notícias de última hora e informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar gosto ➜  
Partilhar
PUB
Comente. Dê a sua opinião
PUB