Marido simula a própria morte para “tramar” esposa que o mandou matar

Ramos Sosa, um homem de 50 anos de idade, simulou a própria morte para revelar o plano macabro que a esposa tinha para o matar.

Como conta o Extra, Lulu tinha contratado um homem por US$ 1.500 (cerca 1.200€) para matar o marido. O casal estava em processo de divórcio, mas morava na mesma casa, em Houston, Estados Unidos.

O homem contratado por Lulu para tirar a vida ao marido era um “matador profissional” indicado por um homem identificado como Gustavo.

A mulher não sabia que Gustavo e o marido dela eram amigos. Gustavo acabou por revelar o plano a Ramon. Com um microfone escondido, Gustavo gravou uma conversa com Lulu, revelando os planos para matar o marido.

O áudio foi apresentado à polícia de Houston, mas foi considerado insuficiente. A polícia sugeriu que Ramon simulasse a própria morte. Com ajuda de maquilhagem produzida por agentes dos Texas Rangers, o “matador” – que na verdade era um policia disfarçado, levou até Lulu uma foto do marido “morto”.

A mulher acabou por ser detida depois de fazer o pagamento pelo “serviço”.

O caso ocorreu em 2015, mas em entrevista ao “Sun” recentemente, Ramon contou detalhes do episódio, quando “ele teve que dormir com a inimiga”.

Lulu foi condenada a 20 anos de prisão.

Recomendados

Recomendados

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Outros conteúdos na web