Menina de 3 anos morre nos braços do pai, um dia depois de ser diagnosticada com gastroenterite

Uma menina de 3 anos de idade, chamada Harper Aitken, morreu um dia após ter recebido alta hospitalar na cidade escocesa de West Lothian.

De acordo com o Daily Mail, a mãe levou a filha ao centro de atendimento local depois que ela começar a apresentar erupções cutâneas, febre e dor de garganta.

Perante os sintomas, os médicos pensaram que ela sofria de um vírus estomacal e, depois de ver que a criança estava a melhorar, decidiram dar-lhe alta.

No entanto, no dia seguinte à saída do hospital, a mãe identificada como Lori Mullen (34) percebeu que a filha tinha os lábios roxos, e que o seu estado estava a piorar, levando-a novamente ao médico.

Enquanto esperava que fosse atendida, Harper desfaleceu nos braços de seu pai, que imediatamente chamou uma ambulância para levá-la com urgência para o hospital. Duas horas depois a menina morreu.

“Ela acordou com febre de manhã e morreu na tarde do dia seguinte. Tirou a máscara de oxigénio e a última coisa que ela disse foi: “Mãe, eu não gosto disto. Eu quero ir para casa’. O irmão nem sequer teve a oportunidade de dizer adeus”, disse a mãe.

Após exames rigorosos, confirmou-se que a criança sofreu uma septicemia, que é uma infecção grave do sangue, que ocorre quando o corpo dá uma forte resposta imunológica a uma infecção bacteriana noutra parte do corpo.

Por esse motivo, a mãe revelou o caso que aconteceu com a filha para chamar a atenção da comunidade para a septicemia, e para servir como advertência aos médicos para que analisassem os fatos bem antes de dar alta a qualquer paciente.

Outros conteúdos na web

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Recomendados

Recomendados